Bom humor para alta performance – com Roberto Caruso

Quer ter alta performance e progredir na sua carreira? Você precisa ter bom humor.

Estive com o Roberto Caruso, especialista em bom humor (sim, isso existe).

Trouxe o conteúdo dele para você que precisa evoluir na carreira e às vezes nem sabe por onde começar.

Como assim, para ter alta performance eu tenho que ter bom humor?

Exatamente. O bom humor é uma força que a gente tem de natureza.

Quem não gosta de ficar ao lado de uma pessoa bem humorada?

Quando você está de bom humor, é um dos melhores estados para você realizar qualquer coisa.

Se você está com medo de algo, você consegue fazer alguma coisa direito?

Um exemplo de como o bom humor nos afeta positivamente: estávamos gravando em um hotel, passava avião, pessoas, mas a gente não ligava para essas interferências.

As pessoas têm vivido uma coisa muito forte: se chama angústia e ansiedade.

Angústia é aquilo que a gente não conseguiu fazer e quer fazer.

Ansiedade é ter algo para fazer, mas não saber se vai conseguir.

Essa falta de estar presente tira você totalmente da sua primeira conexão, que é você.

Dica para quem está assistindo: é muito importante você estar conectado com você.

É gostar de si mesmo, se aceitar como você é. É acordar de manhã, se olhar no espelho para aquela cara lambida e cabelo desgrenhado, dar uma risada e falar acima de tudo: “eu sou linda(o).

Como estamos vivendo a era da eficiência, você tem que ser bom em tudo para estar na moda.

Gente, a moda passa.

Não adianta você ter os mesmos comportamentos do passado, mesmo se um dia você teve sucesso com eles.

Você precisa se atualizar, se cuidar, se alimentar bem, beber água, ter tempo para se divertir.

Nas pequenas ações do dia a dia a gente pode colocar humor.

Além disso, cada um se diverte como quer. Agora, falar que não ter com o que se divertir é mentira.

Hoje você pode entrar no Youtube e assistir algum comediante bacana (tipo o do Roberto Caruso). Você tem como encontrar bom humor de qualidade.

O que é bom humor de qualidade?

Ele tem que ter uma frequência bacana.

Toda palavra tem uma frequência.

Beleza, coragem, estética, linda, gostoso.

Está ótimo, não é?

E palavras chulas, palavrões, coloque para fora, mas são palavras de frequência baixa e a sua frequência também cai.

Tem um trabalho cientificamente comprovado que a gente tem mais conexões de neurônios no coração do que no cérebro.

Ou seja, se você fizer coisas de coração, é muito difícil dar errado.

Agora, se você fizer só na mente e não tiver emoção, não rola.

Você sabe reclamar?

Reclamar. Clamar quer dizer pedir. Vem da religiosidade, mas eu clamo algo. Re-, de novo.

Então, ao invés de reclamar coisas negativas, reclame coisas positivas.

Por último, não busque um trabalho. A origem da palavra era um trabalho que machucava, que exigia muito.

Ao invés de procurar um trabalho, procure uma missão.

“Eu tenho uma missão, estou me recolocando para uma nova missão e eu tenho desafios, não coisas difíceis.”

O bom humor está sempre a seu favor.

Você pode se interessar por

Deixe um comentário